Enredo de pornô gay tem atores com boné da campanha de Trump fazendo gang banging

Esta não é a primeira vez que o presidente Donald Trump é tema de enredo de filme pornô - e provavelmente não será a última.

É bastante peculiar ver como a administração de Donald Trump tem influenciado a pornografia gay nos últimos dois anos. Em uma nova cena produzida pela FraternityX,  um grupo de universitário de apoio de Trump usam bonés Make America Great Again e fazem um gangbang num bissexual após ele revelar que ele não gosta de Trump. A cena, que pode ser vista no site Str8UpGayPorn (link NSFW), tem sido considerada sádica, misógina e homofóbica.

O atores dizem ‘Trump and Pump’ durante o ato
O atores dizem ‘Trump and Pump’ durante o ato

O enredo tem um de universitários bebendo cerveja e vendo TV, quando um assunto de Trump surge. O integrante que não está usando o boné “Make America Great Again” admite que ele não gosta de Trump pois o presidente não gosta de gays. Um pergunta “Você é gay ou algo assim?” Ele então admite que ele é bi. Por causa dessas duas admissões, os brothers decidem fazer um gangbang com frases pró-Trump.

O atores dizem ‘Trump and Pump’ durante o ato
Cena do filme

Esta não é a primeira vez que prováveis adeptos de Trump fizeram pornografia gay. Em uma cena de Raging Stallion’s Gun Show, escrita e dirigida pelo veterano pornográfico Steve Cruz, os adeptos do Trump se aproximam da estrela pornô brasileira Bruno Bernal e dizem: “Hey fagot. Nós temos bastante putinhas neste país. Por que você não volta para o seu país maldito?”

O ator Colby Keller apoia Donald Trump na vida real. Com informações de Hornet e GSN.

Anúncios