‘Acorda Amor!’ reúne Letrux, Xênia França, Luedji Luna, Liniker e Maria Gadu no Sesc Pompeia

Com direção artística de Roberta Martinelli & Décio 7, show celebra amor e resistência como maneiras de transformação do mundo

Nos dias 3 e 4 de fevereiro, o amor e a resistência são celebrados como formas de transformação no Teatro do Sesc Pompeia, tendo como protagonista da mudança a cultura brasileira. O show Acorda Amor! reúne cinco intérpretes da cena atual da música brasileira: as cantoras LinikerLuedji LunaLetruxMaria Gadu e Xênia França, dirigidas por Roberta Martinelli & Décio 7, entoam esses sentimentos.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

O projeto surgiu da vontade de expressar gritos sufocados no peito e o anseio da esperança em tempos sombrios. “Falar do mundo que vivemos nos últimos dois anos é difícil. Foi tanto. Tudo dividido, dois lados: o de lá e o de cá”, diz Roberta. “Tudo é grito, tudo é ódio. Que país que nós queremos? Quem somos nós? Existe nós? Onde está?”, completa.

Acorda Amor! foi idealizado por Décio 7 (Bixiga 70), integrante do núcleo de criação paulistano VOA, que assina a direção musical do espetáculo. VOA, que também acompanha as artistas no palco, conta ainda com Guilherme Held (guitarra), Fábio Sá (baixo), Pipo Pegoraro (teclados e samplers) e Rômulo Nardes(percussão) em sua formação.

Além de relembrar o amor, a união e a empatia, a construção do show busca por respostas para essas perguntas, sempre por meio da poesia cantada. “Através das músicas, podemos entender o momento de um país. Então, cantando, perguntamos qual o papel da arte no contexto atual (esse que nos foi imposto)? Fundamental! A arte é a resistência, é a construção de nossa identidade e o nosso grito”, enfatiza a jornalista e apresentadora.

No repertório, estão músicas que passeiam entre o passado e o presente, conectando compositores de diversas gerações em diversos contextos, desde Gonzaguinha, com a canção ‘Comportamento Geral’, a Francisco, el Hombre, com ‘Triste, Louca ou Má’. ‘Gente Aberta’ de Erasmo Carlos, e ‘Cinco Bombas Atômicas’, de Jorge Mautner e Nelson Jacobina, são outras músicas representadas pelas intérpretes na ocasião.

Sobre Liniker
Nascida em Araraquara, no interior paulista, a cantora e compositora Liniker Barros estourou com a banda Liniker e os Caramelows, em 2015, quando soltou o EP ‘Cru’ na internet. De lá para cá, lançou com o grupo o primeiro disco cheio da carreira, ‘Remonta’ (2016), e rodou o país e o exterior com a turnê do trabalho. Para 2018, prepara – com os Caramelows – o segundo disco da trajetória.
OUÇA NO SPOTIFY: https://goo.gl/vBf8pj
FACEBOOK: https://www.facebook.com/linikeroficial/

Sobre Xênia França
Baiana radicada em São Paulo, é reconhecida por seu trabalho com a banda Aláfia. Inserida em um cenário artístico de resgate e propagação da cultura afro-brasileira, a cantora se transformou em uma referência de empoderamento e comportamento feminino, principalmente para as mulheres negras. Já dividiu o palco com artistas como Elza Soares, Maria Bethânia, Emicida, Criolo, Margareth Menezes, Teresa Cristina, Tássia Reis, Liniker, Filipe Catto, Roberta Estrela D’Alva, Larissa Luz, Pipo Pegoraro e Batanga & Cia. Lançou, em julho de 2016, o single e videoclipe ‘Breu’, anunciando a produção do seu álbum de estreia. Em 2017, lançou ‘XENIA’, seu primeiro disco solo.
OUÇA NO SPOTIFY: https://goo.gl/uZHMLf
FACEBOOK: https://www.facebook.com/xaniquajohnson/

Sobre Maria Gadú
A cantora e compositora lançou seu primeiro disco em 2009, em parceria com o selo SLAP, iniciando uma parceria de 10 anos. Desde então, foram sete discos e três DVDs lançados no Brasil e no exterior. Maria já cantou com os principais nomes da música brasileira, como Caetano Veloso, Lenine, Milton Nascimento e com grandes nomes da música internacional, como Alicia Keys e Tony Bennett. Indicada quatro vezes ao Grammy Latino e a vários prêmios no Brasil, já fez shows em mais de 150 cidades brasileiras e já passou por mais de 15 países. Neste momento, se prepara para gravar o próximo disco.
OUÇA NO SPOTIFY: https://goo.gl/2WWcGF
FACEBOOK: https://www.facebook.com/MariaGaduFanPage/

Sobre Luedji Luna 
Natural de Salvador, a cantora e compositora é cofundadora do PALAVRA PRETA, mostra que reúne compositoras e poetas negras de todo o Brasil. Foi membro do Bando Cumatê, coletivo engajado na pesquisa, difusão e fomento das manifestações artísticas tradicionais da cultura brasileira. Foi vencedora da etapa regional do Festival da Canção Francesa, realização da Aliança Francesa, em 2013. No mesmo ano, cantou no espetáculo ‘Ponto Negro em Tela Branca’, da diretora Kléia Maquenda. Em 2014, em curta temporada no sudeste do país (Rio de Janeiro/ São Paulo), participou do Sarau Preto, um evento organizado por Mombaça Momba. Residindo em São Paulo desde 2015, Luedji participou do evento de moda ‘Casa de Criadores’, cantando no desfile do baiano Isaac Silva. Esse ano, ela concorre ao Prêmio Caymmi nas categorias Melhor Show, Melhor Música com Letra, com o single ‘Um Corpo no Mundo’, e Melhor Clipe com a mesma canção.
OUÇA NO SPOTIFY: https://goo.gl/iBcSEr
FACEBOOK: https://www.facebook.com/luedjilunamusic

Sobre Letrux 
Letícia Novaes é atriz, escritora, compositora e cantora. Como atriz, já participou de filmes, stand-up comedy e seriados. Como escritora, já foi colunista do Segundo Caderno, escreveu para zines e sites e lançou seu primeiro livro, ‘Zaralha – abri minha pasta’, em 2015, pela Editora Guarda Chuva. Como cantora, lançou três discos com sua banda Letuce e acaba de lançar seu primeiro disco solo, intitulado ‘Letrux em Noite de Climão’, pelo selo Joia Moderna. O disco foi considerado o melhor disco de 2017, pelo Superjúri do Prêmio Multishow.
OUÇA NO SPOTIFY: https://goo.gl/Fk5NRR
FACEBOOK: https://www.facebook.com/letruxletrux/

Sobre Roberta Martinelli 
Ela apresenta o programa Cultura Livre, na Rádio Cultura Brasil e na TV Cultura, além do programa “Som a Pino”, na Rádio Eldorado. É colunista do jornal O Estado de São Paulo, além de curadora e jurada de prêmios e seleções por todo o Brasil.
COLUNA ‘SOM A PINO’: https://goo.gl/hXFUct
FACEBOOK: https://www.facebook.com/roberta.martinelli.14

Sobre VOA
A partir de levadas orgânicas e programadas, riffsgrooves e solos, em busca da transcendência entre arranjos e improvisos, VOA experimenta. Com o lançamento do primeiro álbum autoral, previsto para este ano, a banda, entre outros trabalhos, desenvolve especiais e releituras musicais, agregando parceiros e convidados que enriquecem sua pesquisa autoral. Décio 7 (Bixiga 70, João Donato), Fábio Sá (Gal Costa, Ana Canãs), Guilherme Held (Criolo, Lanny Gordin), Pipo Pegoraro (Aláfia, Xênia França), e Rômulo Nardes (Bixiga 70 e André Sampaio) compõem a banda. FACEBOOK: https://facebook.com/voabanda
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/voa_som
YOUTUBE: http://bit.ly/youtubevoa

Ficha Técnica:

Intérpretes: Liniker, Letrux, Luedji Luna, Maria Gadu e Xênia França
Direção Artística: Roberta Martinelli e Décio 7
Direção Técnica: Junior Zorato
Produção Executiva: Helena Forghieri
Produção de Campo: Marcia Godoy
Comunicação Digital: Vinícius Leonel
Técnico de Monitor: Bernardo Andrea
Técnico de PA: Gustavo Lagarto
Projeto de Luz: Paulinho Fluxus
Roadie: Gabriel Izidoro

SERVIÇO:

ACORDA AMOR! | Com Letrux, Xênia França, Luedji Luna, Liniker, Maria Gadu. Direção artística de Roberta Martinelli & Décio 7
Dia 3 de fevereiro de 2018, sábado, às 21h
Dia 4 de fevereiro de 2018, domingo, às 18h

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$ 12,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 20,00 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 40,00 (inteira).

Venda online pelo portal www.sescsp.org.br/pompeia e presencial nas unidades do Sesc SP. 
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Anúncios