Ministério Público pede para ‘É o Tchan’ não separar banheiros por ‘ordinárias’ e ‘inocentes’

Promotoria irá expedir recomendação para que o evento com É o Tchan não faça mais inscrições desse tipo; produção diz que não foi notificada sobre o assunto

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) informou que abriu um procedimento para apurar inscrições feitas em banheiros do Ensaio do É o Tchan. No banheiro feminino, estava a inscrição “Ordinárias”, e no masculino, “Inocentes”.

A produção do Ensaio do É o Tchan disse que não foi notificada pelo MP sobre a investigação. Os ensaios acontecem desde o dia 29 de outubro no Clube Espanhol, em Salvador. A segunda edição ocorreu no último domingo (5).

É o Tchan no Egito
É o Tchan no Egito

A promotora que abriu o procedimento é Lívia Vaz, que preferiu não falar com o G1 sobre o assunto. O MP-BA disse que a promotora confirmou que irá expedir uma recomendação para que o evento não faça mais inscrições desse tipo nos banheiros.

Não foi detalhado o motivo da recomendação nem quando a recomendação será expedida. A promotoria também não informou em qual edição do evento isso aconteceu.

A próxima edição do ensaio está confirmada para o dia 19 de novembro e as informações sobre programação e vendas de ingressos ainda serão anunciadas.

nsaios do É o Tchan acontecem desde o dia 29 de outubro, em Salvador (Foto: Sércio Freitas/ Divulgação)
Ensaios do É o Tchan acontecem desde o dia 29 de outubro, em Salvador (Foto: Sércio Freitas/ Divulgação)

LEIA TAMBÉM: Saulo anuncia datas da nova tour em SP e Rio

VEJA TAMBÉM: Filho de Saulo Fernandes

Com informações do G1 da Bahia

Anúncios