13ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto acontece em 29 de outubro

Mesmo com orçamento reduzido, a 13ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto (SP) acontecerá no domingo 29 de outubro às 13h

A 13ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto acontece no dia 29 de outubro e terá como tema “Estado Laico de FATO”. Porém, os organizadores do evento vem entrando em atrito com a Prefeitura desde o início deste ano em razão da verba destinada à realização da Parada.

Além da parada, a organização também preparou um calendário de eventos, que acontece entre os dias 23 e 28 de outubro. Serão atividades culturais com palestras, mostra de filmes LGBT, atividades culturais, Miss LGBT 2017, Exposições artísticas, Troféu Diversidade e o primeiro Gay Day da região, que acontecerá dia 22 de Outubro, no Thermas dos Laranjais em Olímpia. Veja a programação:

13ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto acontece no dia 29 de outubro
13ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto acontece no dia 29 de outubro

Quando: Domingo, 29 de outubro, a partir das 13h
Concentração: Avenida Nove de Julho
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/2006581676237427

Imagem da 12ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto
Imagem da 12ª Parada do Orgulho LGBT de Ribeirão Preto

O que rolou antes da parada
O montante inicial era de R$ 15 mil. O valor é praticado desde 2009, após a inserção da Semana do Orgulho LGBT no calendário oficial de eventos do município. Contudo, o auxílio chegou a ser cortado no início de 2017, porém, o ex-secretário da Cultura, José Carlos Ferreira de Oliveira Filho, voltou atrás e destinou um aporte de R$ 8 mil.

Já a nova gestão da Secretaria da Cultura, chefiada por Isabella Pessotti, possui outras prioridades no momento. “Nossa prioridade agora é a preservação dos patrimônios da cidade que estão precisando de reparos e a manutenção dos centros culturais”, afirma Pessotti.

Contudo, Fábio de Jesus, organizador do evento, não gostou da decisão. Segundo o organizador, a verba pública é muito importante para a Parada, já que eles encontram dificuldades em parcerias com o setor privado. “Temos muita dificuldade em conseguir patrocínio com a iniciativa privada. Por vivermos ainda em uma sociedade extremamente preconceituosa, ninguém quer ter a sua marca associada à causa LGBT”, destaca Jesus.

Por outro lado, a atual secretária da cultura reconhece a importância da Parada no combate à homofobia, todavia, afirma que o município não tem dinheiro para arcar com a realização de eventos. “A postura da Secretaria da Cultura a partir de agora não é mais a de produtora de eventos, mas de incentivadora”, declara a secretária. “O que a população tem que ter em mente é que não existe uma verba fixa para cada evento. O nosso orçamento é flutuante. Não adianta vir uma lei da Câmara estipulando que a Parada faça parte do calendário oficial se não tem verba para realizá-la”, conclui.

Apoio Estadual

Em maio, a Parada recebeu do Governo do Estado um trio elétrico e uma atração cultural. Na época, a Prefeitura ainda não havia contribuído com o evento. O auxílio veio por meio da Assessoria de Gêneros e Etnias da Secretaria da Cultura do Estado, que realizou um Edital de Chamamento Público para a realização de atividades culturais e ações de visibilidade da população LGBT. No total, 10 cidades de todo o Estado foram contempladas.

Pessotti ainda aconselha os artistas e organizadores de eventos municipais a pleitear esse tipo de verba, de esferas acima da municipal. “O que os artistas locais precisam começar a aprender é a pleitear mais esse tipo de investimento. Proac e a Lei do Incentivo à Cultura são meios para que eles consigam mais recursos”.

13ª Parada LGBT de Ribeirão Preto
Quando: Domingo, 29 de outubro, a partir das 13h
Concentração: Avenida Nove de Julho

Com informações de Revide. Foto: Pedro Gomes

Anúncios