Ricardo Macchi, que interpretou o Cigano Igor, confessa que sofre preconceito por ser heterossexual

Em vídeo, Ricardo Macchi revela que sofreu preconceito por ser heterossexual e muitas vezes se deparou com homossexuais durante sua carreira na TV

O ator Ricardo Macchi, que ficou famoso por interpretar o Cigano Igor na novela Explode Coração, decidiu gravar em um vídeo confessando que não bebe, não fuma, não usa drogas e que sofre preconceito por ser heterossexual.

Lamentando nunca receber apoio da classe artística e ser prejudicado por ser heterossexual, afirma que não se vitimiza. E também que se recusa a ser moderninho.

“Eu fui extremamente crucificado, preterido. Sofri preconceito por ser heterossexual, muitas vezes eu me deparava com homossexuais que a vida toda me descartaram por eu ser heterossexual”, desabafa o ator.

Ele também dá dicas de educação para pais que quererem levar as crianças a museus.

Assista ao vídeo:

Sobre o ator
Ricardo Macchi (Porto Alegre, 10 de abril de 1970) é um ator e produtor cultural brasileiro. Sindicalizado como artista em 1987. Fez seu primeiro comercial de televisão com 15 anos de idade. Trabalhou no mercado nacional e internacional, modelo da agência Italy Models Milão, fez diversas campanhas internacionais. Porém, alcançou fama nacional no papel do cigano Igor na telenovela Explode Coração (1995) de Glória Perez, pela Rede Globo. Ricardo Macchi namorou a atriz Ellen Roche, ele citou o “trabalho e a amizade” como motivo do termino do relacionamento. Eles se separaram após oito anos de namoro.

Ricardo Macchi
Ricardo Macchi em “Explode Coração”

A partir de 1996, Ricardo Macchi passou a produzir, dirigir, roteirizar e apresentar documentários de responsabilidade social: Educação ambiental, visão sociológica, totalizando 33 títulos abordando temas como desenvolvimento sustentável, água – essência da vida, superaquecimento, qualidade do ar, populações ribeirinhas, tráfico de animais, biopirataria, Amazônia, áreas de proteção ambiental (APAs), Cidade de Deus, uma Visão Diferente (Projeto Grão), Anil Comunidade Padrão, A História do Complexo do Alemão , Deficientes Brasil 14.8%, Guia de Saúde Eletrônico entre outros. Estes documentários lhe valeram o Troféu JK Categoria Empreendedor da Década pelos 14 anos de investimentos utilizando recursos próprios em documentários sobre responsabilidade social, em abril de 2010.

Em 2002, protagonizou a peça “Jeffrey – De Caso com a Vida”, com direção de Gilberto Gawronski.

Em 2011, voltou ao horário nobre da rede Globo quando atuou em uma propaganda da FIAT, ao lado do ator estadunidense Dustin Hoffman.

Em maio de 2013 teve o nome de seu personagem colocado no texto da autora Maria Adelaide Amaral, de forma pejorativa, houve protesto do ator em sua página de uma rede social e repercutiu nos principais veículo de mídia em todas plataformas do Brasil, a autora voltou atrás no uso do personagem e modificou o texto retirando o personagem Igor de propriedade e responsabilidade da Rede Globo.

Ricardo Macchi como Cigano Igor
Ricardo Macchi como Cigano Igor

Ator e Produtor Cultural

2012 produzindo e atuando na Peça ” Coisas que Porto Alegre Fala ” depois de lotar todas as apresentações, houve uma parceria de dois anos com a Opus, com o convite para este kase virar série de TV na Rede Globo RBS TV, 18.4 pontos de Ibope, e com o sucesso, virou um produto no disputado Catálogo de TV a cabo Netflix.

Leia também: Ricky Martin: ‘não quero aparentar ter menos do que meus 46 anos’

Anúncios