Jogador de críquete foi preso ao defender dois homens gays na rua

Um atleta profissional de críquete salvou dois homens gays na rua e teve de ir preso por agressão; foi solto no dia seguinte

Kai Barry, de 26 anos, e Billy O’Connell, 20, disseram que estavam em um clube em Bristol, no sudoeste da Inglaterra, no dia 25 de setembro, mesmo lugar onde o jogador de críquete Ben Stokes, 26, e um de seus colegas de equipe estavam.

O jogador de críquete Ben Stokes
O jogador de críquete Ben Stokes

O’Connell e Barry disseram que não conheciam o jogador Stokes, que é originalmente da Nova Zelândia mas jogam na equipe internacional da Inglaterra. “Eu não sabia quem eram, nunca assisti o críquete na minha vida”, disse O’Connell.

Os dois fizeram amizade com Stokes, que até comprou alguns drinks para eles. “Ben nos comprou Jägerbombs. Ele sabia que éramos gays, mas não se importou em fazer amizade”, disse Barry.

Quando estavam na pista alguém chamou o casal de “garotos estranhos” algumas vezes e Barry e O’Connell disseram que decidiram ignorar os insultos. Lá pelas duas da manhã decidiram ir embora. “O jogador Ben Stokes perguntou para onde estávamos indo, já que era domingo e a maioria dos lugares estava fechada”, disse Barry. “Nós sempre dançamos com muitas garotas, provavelmente Stokes queria acompanhar para conhecer melhor as meninas”.

Eles estavam caminhando para outro clube, quando ouviram pessoas novamente insultando na rua. Um dos homofóbicos estava uma garrafa tentou atacá-los, mas Stokes deu um soco no rosto. Barry e O’Connell correram para um restaurante e chamaram a polícia.

Quando a polícia apareceu, enviaram o assediante de 26 anos com uma garrafa para tratamento médico. Segundo o jornal The Sun, o agressor ainda precisa de algumas reconstituições dentais.

Stokes quebrou o dedo durante a luta e foi preso naquela noite. Foi solto no dia seguinte, mas está aguardando uma investigação mais profunda. Tanto Stokes quanto seu colega de equipe foram suspensos por jogar nos jogos da Inglaterra.

“Ben é um cara muito legal e espero que ele ainda possa jogar para a Inglaterra”, disse O’Connell. “Seria horrível se sua carreira estivesse arruinada por isso. Ele estava apenas tentando nos defender. Ben é um verdadeiro cavalheiro.”

Stokes não comentou o incidente.

O jogador de críquete Ben Stokes
O jogador Ben Stokes

Com informações do LGBTQ Nation

VEJA TAMBÉM: 5 vantagens de ser um jogador profissional

Anúncios