Jorge (sem Mateus) assume papel de Luan Santana em filme e diz: ‘Não conheço gay no sertanejo’

Luan Santana desiste de filme do Corinthians para fazer turnê internacional

Jorge Barcelos em cima de Luan Santana.

Anunciado como protagonista do filme “Jorge, o corintiano”,  que narra a história de um jovem que se torna estrela do Corinthians, Luan Santana desistiu do papel. O motivo é que o cantor estará em turnê internacional na época das das gravações. Em seu lugar foi escalado Jorge Barcelos, da dupla Jorge & Mateus. A obra chega aos cinemas no final do primeiro semestre de 2018.
Em entrevista para a revista Veja, Jorge diz que fará dieta e um curso de interpretação, pois se diz ‘virgem’ no campo de atuação. Consciente de que seu personagem dificilmente ganhará um prêmio Oscar, espera perder dez quilos até as filmagens.

Ao ser perguntado se o universo sertanejo é um meio machista, Jorge acredita que um dia vai acontecer de alguém se assumir. Diz que homem, mulher e homossexual podem ser cantores. Para encerrar a entrevista, ao ser perguntado se há muitos gays na música sertaneja que não se assumem, categoricamente afirma: “Não que eu conheça.”

O cantor sertanejo Luan Santana
Luan Santana
O cantor Jorge
Jorge sem Mateus
O cantor Jorge
Jorge Barcelos

O enredo do filme que Luan Santana participaria conta a história de um garoto da periferia paulistana na busca para se tornar um jogador de futebol no Timão.

“O que o Jorge vai trazer na tela do cinema é isso. A dificuldade, a superação e a saga de um herói. Queria agradecer essa presença, é uma honra estar ao seu lado”, disse Henrique Almirates Neto, produtor executivo da atração, que tem filmagens agendadas para começo do ano que vem. Torcedor do clube do Parque São Jorge, o cantor explicou ainda que tem esse nome exatamente por causa do Timão.

“É um prazer conhecer o CT do Corinthians, meu time do coração desde 1990, quando eu pude acompanhar o Corinthians sendo campeão contra o São Paulo. Quando eu recebi esse convite eu fiquei feliz. Eu sou corintiano porque o meu pai é corintiano. Ele teve um problema quando minha mãe estava grávida aí ele fez uma promessa para São Jorge de me dar o nome de Jorge. E cumpriu”, explicou o artista, que reservou suas férias, em janeiro, para se dedicar totalmente às filmagens.

“Eu vou começar a me preparar a partir de agora, foi tudo muito recente. Por enquanto eu aceitei o desafio e, a partir de agora, com datas, tudo marcado, vou me preparar. Não li nem o roteiro. É a partir de agora que começa a preparação. O que move a vida das pessoas é sempre desafios. Tive de mover barreiras para conseguir as coisas. Por mais que o desafio seja grande pode ter certeza que eu consigo”, comentou Jorge.

“A música e o futebol estão sempre juntos. Por eu ser fã, sempre acompanhei, pude conhecer muitos jogadores não só do Corinthians. Acabei de encontrar o Chicão (campeão mundial pelo Corinthians), um amigo de muito tempo. A gente sempre tem contato, sim, com muitos jogadores. Quando a galera está de folga eles vão aos shows. Fico muito feliz com isso”, concluiu.

Anúncios