BBC terá série baseada em serial killer que escolhia vítimas pelo Grindr

O serial killer Stephen Port, 41, de Barking, leste de Londres, foi preso no início deste ano por matar Anthony Walgate, Gabriel Kovari, Daniel Whitworth e Jack Taylor.

O serial killer Stephen Port, 41, de Barking, leste de Londres, foi preso no início deste ano por matar Anthony Walgate, Gabriel Kovari, Daniel Whitworth e Jack Taylor.

Stephen-Port1
Stephen Port, o serial killer que escolhia vítimas pelo Grindr

Stephen escolhia jovens gays no aplicativo de relacionamento e convidava para sua casa, drogando-os com o GHB e os agredindo sexualmente de diversas formas. Os assassinatos ocorreram entre junho de 2014 e setembro de 2015. Algumas vítimas sobreviveram aos ataques e vivem hoje protegidas pela justiça sob anonimato.

Em um festival de TV em Edimburgo que rolou esta semana, a BBC disse que está em fase desenvolvimento de uma série dramática baseada nos assassinatos, nomeada provisoriamente de “The Barking Murders“.

O drama se concentrará na luta das famílias para descobrir a verdade sobre o sumiço das vítimas. Jeff Pope, produtor executivo da ITV Studios, disse: “acho que esta é uma oportunidade para transmitir uma mensagem de que nem sempre devemos acreditar no que dizem pessoas desconhecidas no meio digital – e que com empenho, acima de tudo, o amor sempre triunfará”.

O roteirista Neil McKay acrescentou: “quatro jovens com o futuro inteiro pela frente perderam a vida de uma maneira brutal e trágica. Esta não é apenas uma história das consequências dessas perdas, mas também da extraordinária coragem e resiliência demonstrada pelos sobreviventes enquanto buscavam a justiça.”

Stephen-Port-sentenced
à direita, foto de Port já sentenciado

Com informações do Pink News e The Gay Times

Anúncios