Namorado de soropositivo recebe mensagem anônima em app e responde publicamente: ‘vamos falar sobre HIV?’

O preconceito e a ignorância são mais nocivos do que qualquer vírus

18194724_10212991970501781_353386733029232233_n
Jeandro Borba e Geovanni Henrique

O gaúcho Jeandro Borba (29) baixou o app Sarahah, rede social que ultrapassou Instagram, YouTube e Snapchat em quantidade de downloads. O aplicativo permite fazer perguntas ou enviar mensagens de forma anônima. A ideia é que as críticas e feedbacks tenham impacto positivo, fazendo com que as pessoas saibam em que aspecto podem melhorar em suas relações com familiares e amigos.

No entanto, no começo deste mês, recebeu uma mensagem – anônima, claro – com o seguinte conteúdo:

sararah hiv
“Teu namorado tem aids”

Como o Sarahah não permite réplicas ao autor da mensagem, Jeandro compartilhou a uma resposta publicamente em nas redes sociais, que, obviamente, viralizou:

textao sararah hiv


Pois é, amiguinhos, o preconceito, a ignorância e falta de informação são mais nocivos do que qualquer vírus.


19904901_10213686268738803_7374056667484333075_n
Jeandro Borba e Geovanni Henrique

“Vamos falar sobre HIV?

Hoje recebi essa mensagem no app Sarahah só que lá as pessoas se comunicam de forma anônima, então não tenho como responder diretamente à pessoa, mas sei que farão com que essa mensagem chegue até você direta ou indiretamente.

Primeiro, gostaria de deixar bem claro que palavras como essa não me ferem, tão pouco afetam meu relacionamento; mas como senti que elas estão carregadas de falta de informação, preconceito e maldade e por Servidor Público que atua no Sistema Único de Saúde onde uma das minhas atividades é esclarecer as pessoas sobre doenças, tratamentos e prevenções, me sinto com obrigação de te esclarecer algumas coisas:

Existe uma grande diferença entre HIV e AIDS:
O HIV é o vírus da imunodeficiência humana que pode ser contraído principalmente por contato sanguíneo ou relação sexual, esse vírus se instala no organismo humano dentro das células e cria várias cópias de si próprio e assim entra na corrente sanguínea. A principal função do vírus é atacar o sistema imunológico (responsáveis pela defesa do organismo).
O vírus se multiplica milhares de vezes, o sistema imunológico da pessoa fica fraco e com suas defesas reduzidas, gerando a doença causada pelo vírus: a AIDS.

HIV/AIDS têm tratamento:
Sabia que uma pessoa que porta HIV ou esteja com AIDS não está mais com sentença de morte? Hoje é disponibilizado tratamento para HIV/AIDS. A pessoa toma medicações diárias (assim como ocorre no tratamento de Hipertensão e Diabetes, por exemplo) e mantém a quantidade de vírus controlada. A medicação vai eliminando as cópias do vírus no organismo a ponto de sobrar tão poucas que elas não estão mais presentes na corrente sanguínea, o que chamamos de Carga Viral Indetectável (o soropositivo se torna praticamente incapaz de transmitir o vírus). O SUS oferece esse tratamento de forma GRATUITA e EFICAZ, inclusive a ONU apontou o Brasil como referência mundial no controle da AIDS. Atualmente, casais heterossexuais sorodiscordantes (quando um é soropositivo e outro soronegativo) que fazem acompanhamento no SUS e todo o tratamento de forma correta conseguem gerar filhos e eles nascerem sem o vírus, o que comprova ainda mais a eficácia do tratamento.

Portanto, caro anônimo, meu namorado é portador do vírus HIV e faz o tratamento há mais de 3 anos e mantém desde então a sua carga viral indetectável (praticamente incapaz de transmitir o vírus), ou seja, ele não tem AIDS como você afirmou, tentando de alguma maneira nos atingir; e ainda que ele tivesse, eu estaria ao lado dele dando força e apoio para enfrentar todas as dificuldades para tratar a doença. Saliento que tenho muito orgulho do meu namorado, da sua história, da sua coragem, da sua sinceridade e; principalmente, da sua sorologia. Toda a vivência dele o tornou um homem corajoso, decidido, carinhoso, amoroso e responsável. Vivemos em uma relação de muita cumplicidade, dedicação, sinceridade e principalmente: SAUDÁVEL.

Ah! Desde o início conversamos muito sobre o assunto e estamos muito bem preparados pra receber esse tipo de preconceito e saber lidar com ele, jamais esse tipo de frase afetará o que sentimos e o que vivemos.

Eu não preciso dar explicações da minha vida para ninguém, mas como acredito que a pessoa que detém o conhecimento tem a obrigação de repassar para os que não o detém e não poderia perder a oportunidade de fazer existir um ignorante e preconceituoso a menos no mundo. Espero que isso possa te ajudar a derrubar esse teu pensamento ignorante que consegue ser menor do que um simples vírus e que não tente usá-lo para ferir outras pessoas.

HIV/AIDS têm “cura”: a informação!

Seja feliz, porque nós estamos sendo e muito!!

(espero que essa mensagem seja compartilhada até que essa pessoa e todas as outras que pensam como ela vejam)”

Anúncios
  • LUCAS

    SABE-SE QUE O VÍRUS SOFRE MUTAÇÕES POR ISSO A TROCA CONSTANTE DOS REMÉDIOS E EMBORA NO NAMORADO ESTEJA ” INDETECTÁVEL” SEMPRE EXISTIRÁ A CHANCE DE CONTÁGIO MESMO QUE 1%. BONITA MENSAGEM MAS EQUIVOCADA!

    • Renato

      Querido Lucas,nos que possuímos o vírus devendo fazer exames a cada 6 meses para verificar como anda a carga viral. Um último estudo que tive o prazer de lê, dizia que e “Impossível” a transmissão por pessoas não detectáveis.

  • LUCAS

    Que ótimo só tentei dizer que ainda que minima existe a possíbilidade mas ,quem sou eu. Não tenho e não conheço pessoas declaradas soro- positivas e recomendação dos médicos ainda é previna-se. Parabéns pela coragem!

  • LUCAS

    8soropositiva

  • Cláudio

    Como todo mundo não sai do Facebook, depois procura a página Fundo SoroPositivo tem muita informação.