Museu da Diversidade Sexual inaugura projeto de exibição de filmes: Cinemão

Filmes com temática LGBT são o foco do projeto Cinemão, que contará ainda com conversas com diretores e atores

Paginas de Menina
Páginas de Menina

O Museu da Diversidade Sexual, do Governo do Estado de São Paulo, administrado pela organização social APAA, inaugura em agosto o projeto Cinemão, com exibição quinzenal de filmes com temática LGBT. O projeto é realizado em parceria com o Festival MixBrasil. Os filmes serão exibidos aos sábados, a partir das 18h, e a entrada é gratuita.

Aproveitando que o mês de agosto é o Mês da Visibilidade Lésbica, foram selecionados dois títulos que abordam o tema. No dia 12 de agosto, será exibido “Páginas de Menina”, de Mônica Palazzo, e no dia 19 “A Safo de Perdizes”, de Hanna Korich. Após as sessões, as diretoras farão uma conversa com o público presente sobre suas criações e sobre o cinema de temática LGBT.

capa-dvd-cassandra1.indd

Serviço:
Cinemão no Museu da Diversidade Sexual

“Páginas de Menina”
12 de agosto, sábado – 18h00

“A Safo de Perdizes”
19 de agosto, sábado – 18h00

Endereço: Rua do Arouche, 24 – Estação República do metrô – piso mezanino
Telefone: (11) 3882-8080
Entrada gratuita

Sobre o Museu da Diversidade Sexual

O museu foi criado em 25 de maio de 2012, a partir do decreto 58.075 da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo como Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual do Estado de São Paulo, localizado no Metrô República. É o primeiro museu na América Latina e em todo o hemisfério sul com essa temática. O objetivo do museu é preservar a história e cultura da comunidade LGBT, bem como valorizar a importância da diversidade sexual na construção social e cultural no Brasil. O museu foca em abrir espaço para artistas que discutem essa temática, junto ao ativismo político e legado sociocultural e preservar e dilvugar a memória da cultura LGBT. Com exposições itinerantes, o museu também promove e divulga exposições em outra cidades do Estado de São Paulo e trabalha em parceria com organizações que promovem discussão contra a homofobia, como na exposição “Homofobia Fora de Moda”, feita em parceria com a Casa de Criadores e a exposição “O T da Questão”, em comemoração ao Dia da Visibilidade Trans, em parceria com a Secretaria da Defesa e da Justiça da Cidadania.

Anúncios