Vlogger imitando Pabllo Vittar vai até o drive-thru fazer um pedido. Você quer ver @?

Phabullo Rodrigues da Silva, conhecido por seu nome artístico Pabllo Vittar (São Luís, 1 de novembro de 1994), é um cantor, compositor e drag queen brasileiro. Sua primeira aparição na televisão aconteceu em 2014, no programa “Carona”, da TV Integração, ele interpretou a canção “I Have Nothing”, de Whitney Houston. Mais tarde, em 2015, Vittar começou a ganhar atenção nas redes sociais após o lançamento do videoclipe de “Open Bar”, releitura de “Lean On”, de Major Lazer em parceria com MØ. Em menos de um mês, o vídeo atingiu a marca de 1 milhão de visualizações no YouTube, onde ele posteriormente lançou seu primeiro extended play (EP), também intitulado Open Bar.

Em 2017, Vittar conseguiu maior reconhecimento ao lançar seu álbum de estreia Vai Passar Mal, que gerou os singles “Nêga”, “Todo Dia”, “K.O.” e “Corpo Sensual”, além de sua participação na canção “Sua Cara”, do grupo estadunidense Major Lazer.

Nascido em uma família humilde de São Luís, Phabullo é gêmeo dizigótico e possui uma irmã mais velha. Phabullo passou parte da infância e adolescência morando nas cidades de Santa Inês e Caxias ambas no interior do Maranhão, devido a dificuldades financeiras. Ele é filho de uma técnica de enfermagem, a qual foi abandonada ainda grávida pelo pai de Phabullo, que nunca veio a conhecê-lo.

Durante sua infância, Phabullo foi vítima de bullying devido seus gestos delicados e sua voz fina, chegando a ser agredido fisicamente com um prato de sopa quente jogado em seu rosto. Além disso, Phabullo chegou a frequentar aulas de balé durante esse período.

Aos 13 anos de idade, Phabullo começou a cantar fazendo covers em festas de família e apresentações na escola, além de se juntar a um coral de uma igreja católica.Logo em seguida, Phabullo começou a fazer suas próprias composições. Mais tarde, decidiu se profissionalizar na área, mudando-se para a cidade de São Paulo com sua irmã, onde trabalhou em diversos lugares, como lanchonetes e salões de beleza. Logo em seguida, mudou-se para Uberlândia junto com sua mãe, que havia se casado recentemente. Na época, aos 15 anos de idade, se assumiu homossexual para sua mãe, apesar de que ela já desconfiava; sua irmã já sabia sobre sua orientação sexual.

Aos 16 anos de idade, Phabullo começou a se apresentar no Programa Pop, um programa regional de Caxias, onde após várias tentativas de se apresentar foi convidado pelo apresentador Thiago Miranda, onde Phabullo seguiu fazendo diversas apresentações. Após algumas apresentações, a direção do programa pediu para o apresentador cortar a participação de Phabullo devido reclamações recebidas pela “família caxiense”, mas Miranda recusou. Ao todo, Phabullo teve cerca de 40 participações em um período de dois anos.

Phabullo em seguida começou a sair para a noite maranhense, fazer amizades, e participar e ser aprovado em uma seleção de cantores numa casa de shows, e assim começou a se apresentar, mesmo menor de idade, cantando e dançando músicas suas e fazendo imitações por um pequeno cachê, mas ainda não era um trabalho profissional. Neste período ele já se vestia como mulher, mas não se identificava como drag queen; a primeira vez que ele se vestiu como drag queen foi aos 17 anos, em Uberlândia, para divulgar a festa de uma amiga, entregando panfletos na porta de uma boate. Com o tempo, passou a fazer shows em paradas gays em diversas cidades de seu estado, ficando conhecido no meio LGBT maranhense. Aos 18 anos em Minas Gerais, Phabullo começou a se montar como drag queen e participar de concursos de belezas, onde chegou a vencer alguns antes de iniciar sua carreira profissional como cantora enquanto adotava o nome artístico de Pabllo Knowles, homenagem a cantora Beyoncé. Sua primeira aparição como drag queen ocorreu na boate Belgrano, dos produtores Ian Hayashi e Leocádio Rezende (que, logo, ela viria a chamar de seus “pais”).

Ainda em Minas Gerais, Pabllo prestou vestibular para a Universidade Federal de Uberlândia, na qual foi admitido em 2013 no curso integral de design, mas após alguns períodos cursados, acabou trancando sua matrícula, devido a sua agenda de shows, que aumentou bastante devido a divulgação de seus vídeos musicais na internet e de sua participação na banda do programa Amor & Sexo. 

Quando chamou atenção de empresários do ramo de entretenimento, Phabullo iniciou sua carreira musical profissionalmente, apresentando-se em bares e casas de shows com apresentações em Uberlândia e cidades da região, principalmente com suas performances de vlogger nas redes sociais. Nesse período, Phabullo adotou o nome artístico de Pabllo Vittar.

Anúncios