Festa ‘Castro’ chega em sua terceira edição em São Paulo

20246266_1468400296554485_2342803835019854379_n

A Festa Castro chega em sua terceira edição em São Paulo trazendo a atmosfera do bairro de mesmo nome de São Francisco, CA. Bairro que sustenta seu orgulho o ano inteiro!

Nas pickups o som é dotado de deep e tropical house com uma pitada de disco e pop.

A festa começa às 23h e acaba quando o dia nascer, assim todos poderão admirar o nascer do sol da varanda do Air. Há ainda o Palco Open Air, com interações e muitas surpresas.

SERVIÇO
Festa Castro – sábado, 29 de julho às 23h
Rua Formosa, 157 – Centro – São Paulo
Ingressos antecipados: http://bit.ly/ingressoscastro3


BAIRRO CASTRO

The Castro ou Castro é um sub-bairro dentro do bairro Eureka Valley em São Francisco, Califórnia. É considerado o bairro gay mais famoso do mundo, tendo sido anteriormente, até as décadas de 1960 e 1970, um bairro de trabalhadores braçais. Remanesce como um símbolo e fonte de ativismo e eventos de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT).

O bairro gay de São Francisco baseia-se na atividade comercial e de negócios. Localizados no Castro e abertos ao grande público estão a renomada sociedade histórica GLBT Historical Society, juntamente ao museu mantido pela mesma.

SÃO PAULO

Em 1932, São Paulo se mobiliza no seu maior movimento cívico: a revolução constitucionalista, quando toda a população se engaja na guerra contra o “Governo Provisório” de Getúlio Vargas. Em 1934, com a reunião de algumas faculdades criadas no século XIX e a criação de outras, é fundada a Universidade de São Paulo (USP), hoje a maior do Brasil. Outro grande surto industrial deu-se, durante a Segunda Guerra Mundial, devido à crise na cafeicultura na década de 1930 e às restrições ao comércio internacional durante a guerra, o que fez a cidade ter uma taxa de crescimento econômico muito elevada que se manteve elevada no pós-guerra.

Em 1947, São Paulo ganha sua primeira rodovia asfaltada: a Via Anchieta (construída sobre o antigo traçado do Caminho do Padre José de Anchieta), liga a capital ao litoral paulista. Na década de 1950, São Paulo era conhecida como A cidade que não pode parar e como A cidade que mais cresce no mundo.

São Paulo realizou uma grande comemoração, em 1954, do “Quarto Centenário” de fundação da cidade. É inaugurado o Parque do Ibirapuera, lançados muitos livros históricos e descoberta a nascente do rio Tietê em Salesópolis. Com a transferência, a partir da década de 1950, de parte do centro financeiro da cidade que fica localizado no centro histórico (na região chamada de “Triângulo Histórico”), para a Avenida Paulista, as suas mansões foram, na sua maioria, substituídas por grandes edifícios.

Anúncios