Enquete: quais marcas foram oportunistas ou solidárias na #ParadaSP

  1. Google
    O Google deixou o trajeto da Parada com um arco-íris, a busca de termos relacionados com as cores da bandeira e colocou “pin” no Google Maps de lugares friendly. Mas só vai ficar assim até o final do mês.


  2. Detran


    As faixas de pedestres amanheceram coloridas na região da Paulista. Dizem que o  Detran paulista está acertando com autoridades federais uma forma de se poder incluir nos documentos de trânsito (Carteira Nacional de Habilitação e outras formas de identificação) o nome social de travestis e transexuais.
    .


  3. Skol
    Depois de fazer latinhas estampadas com todas as cores de pele, lançou uma latinha edição limitada e botou o trio com Daniela Mercury na rua.


  4. Uber

    Por semanas teve o nome estampado em notícias envolvendo casos de assédio sexual, sexismo e bullying, defendeu o Trump quando ganhou as eleições e acabou terminando com o afastamento por tempo indeterminado do seu presidente, Travis Kalanick. Na parada botou um carro com Pabllo Vittar e nomes da cena gay.


  5. Doritos
    Antes da ParadaSP vendeu online o salgadinho com cores da bandeira para doar a quem foi expulso de casa. E hoje distribuiu o salgadinho no evento.


  6. Burger King

    A rede fez um comercial recentemente com a Drag Anny B e este domingo disponibilizou aquela coroa de papelão em 4 lojas na região da Paulista.


    7. Converse e Nike

    Lançaram coleção especial para os gays.

Anúncios