Lady Gaga conversa com Príncipe William sobre saúde mental via web

‘Você não será julgada’, diz o britânico ao promover campanha sobre o tema

xLady-Gaga-e-principe-William.jpg.pagespeed.ic.mMQU-NDInK

Após o príncipe Harry decidir falar sobre a dor que sentiu devido à perda da mãe, o irmão mais velho, príncipe William, ligou para a cantora pop Lady Gaga com o intuito de promover uma conversa sobre saúde mental. O bate-papo faz parte da campanha de conscientização sobre este tema criada pela família real britânica para quebrar os tabus sobre as doenças mentais. Os dois combinaram de se encontrar pessoalmente em outubro.

O vídeo, publicado na conta da artista no YouTube, mostra Lady Gaga tomando um chá em sua casa em Hollywood, nos Estados Unidos, no momento em que faz uma chamada de vídeo no computador sobre a mesa da cozinha. Ao atender a ligação, a imagem do príncipe William, no Palácio de Kensington, no Reino Unido, surge na tela, e Gaga inicia a conversa dizendo o quanto admira a campanha Heads Together. O príncipe, então, agradece e responde que a sua mulher, Kate Middleton, e o irmão, Harry, também consideram este assunto muito importante. Ambos ajudam na divulgação da campanha, que utiliza a hashtag #oktosay, que significa “tudo bem falar”.

William comenta com Gaga que sentiu-se emocionado depois de ler a carta aberta escrita por ela recentemente. “O que você acha sobre falar a respeito dos seus sentimentos? Como você se sente sobre isso?”, pergunta William para a cantora.

 

Ela diz que inicialmente ficou nervosa, porque acordava todos os dias se sentindo triste e depois precisava subir no palco assim. “É algo muito difícil de descrever. Há muita vergonha envolvida quando o assunto é saúde mental”, ressalta Gaga, ao que o príncipe responde o quanto é importante ela não guardar essas questões. “Você não será julgada”, ele diz.

“Você sente que há algo de errado com você. E, na minha vida, eu fico tipo ‘olha, minha nossa, quantas coisas lindas e maravilhosas que tenho, eu deveria estar muito feliz’. Mas você não tem o que fazer quando acorda de manhã e se sente tão cansada, tão triste, repleta de ansiedade e sentimentos, e você mal consegue pensar. Então, foi como dizer ‘isso faz parte de mim, está tudo bem'”, afirma a cantora, acrescentando que não se sente mais escondida.

Para William, agora é o momento para as pessoas se abrirem e não se sentirem diferentes caso tenham alguma doença mental. “Saúde mental é o mesmo que saúde física. Nós não deveríamos nos envergonhar”, diz. “Até mesmo uma conversa com um amigo ou familiar pode fazer a diferença”, acrescenta.

Gaga concorda com William e afirma que a melhor parte de divulgar seus sentimentos foi fazer com que muitas pessoas não se sentissem sozinhas. “Nós precisamos deixar nossa geração e as outras gerações saberem que se você não está se sentindo bem, você não está sozinho e as pessoas que você pensa que nunca teriam um problema, na verdade têm”, salienta Gaga.

“Eu não posso te agradecer o suficiente por conversar comigo hoje. Estou realmente muito grato”, concluiu o príncipe.

Fonte: O Globo

Anúncios